Resenha: O invisível

Título: O invisível
Autor: Mats Wahl
Editora: Butterfly
N° de páginas: 231
★ ★ ★
Um fenômeno inexplicável aconteceu com Hilmer Eriksson. De repente, ele ficou invisível! Ninguém consegue enxergá-lo! Na sala de aula, seus colegas não notam sua presença. Hilmer escuta as conversas, movimenta-se entre as pessoas, mas elas não percebem que ele está no ambiente… O detetive Harald Fors está à sua procura; Hilmer foi considerado desaparecido! Aproveitando-se de sua invisibilidade, o jovem resolve desvendar o mistério na companhia do policial. Fors suspeita que a cruz suástica, símbolo de triste recordação – a qual mãos anônimas grafitaram em alguns lugares -, tem relação com o sumiço de Hilmer, que não agüenta mais viver sem ser notado…

"Hilmer se inquietou no momento em que o detetive entrou na sala. Seu coração disparou e suas mãos começaram a suar. Quando Fors mencionou seu nome, protestou. 
- Ei, eu estou aqui.
Mas ninguém pareceu ouvir.
Levantou-se e jogou contra a parede o livro que estava lendo.
- Vocês estão malucos? Ou será que não estão me ouvindo? - gritou.

Era pra ser um dia normal na escola Lugnet, localizada na área rural do norte da Suécia. Isso até o aluno Hilmer Eriksson chegar na sua sala e perceber que ninguém estar notando sua presença. Hilmer não se lembra de ter acontecido algo nos últimos dias, mas o detetive Fors está investigando seu desaparecimento. Algo errado estava acontecendo e para descobrir, Hilme resolve seguir o detetive. Existe uma ligação muito forte entre Hilmer e Fors, e isso parece incentivar o detetive a não desistir das envestigações. Tentar descobrir o paradeiro do garoto não será fácil, o detetive Fors encontrará várias pessoas e vários obstáculos pela frente, mas sua determinação será maior.

O invisível é um livro de tirá o folego, cheio de interrogatórios, mistérios e investigações. O livro contém um emaranhado de fatos que o autor consegue interligar de uma maneira inesperada e fascinante. Uma história que te prende, mais que na minha opinião o final deixou a desejar, pois esperava um pouco mais.
O autor também aborda vários assuntos interessantes como bullying, nazismo entre outros, e nos apresenta alguns personagens como Malmsten e Bulterman, os garotos increnca da escola, o policial Johan Nilsson, que ajuda Fors na investigação, Anneli Tullgren, adolescente rebelde e muito agressiva e Ellen a namorada de Hilmer.
A editora fez um belíssimo trabalho na diagramação do livro, a capa tem uma arte em alto relevo, cada página é numerada com uma linda borboleta e cada capítulo aparece uma imagem de um garoto, se aproximando cada vez mais. O livro é fininho, com folhas brancas e letras grandes, facilitando a leitura.
Recomendo. 

Esse livro é uma cortesia da:

 

Divulgando Parcerias


Hoje venho divulgar pra vocês as novas parcerias do blog. E para começar vamos conhecer  a  Eliane Raye, autora do livro O Portal, que foi vencedor do prêmio Codex de ouro 2011 na categoria "melhor design de capa."

→ Agora vamos conhecer a autora:


Eliane Raye é uma escritora que como tantos outros escritores se divide com várias atividades. Eliane também é dentista e esposa, já foi cantora e hoje dedica parte da vida à inclusão social de crianças carentes na ONG Médicos Solidários. Nasceu em Volta Redonda (RJ), foi criada em Brasília e, atualmente, mora no Rio de Janeiro. É autora de “Os primeiros socorros para os seus filhos” e agora estreia na ficção com o romance O Portal, publicado pela Editora Vermelho Marinho. E sua estreia não podia ser melhor, pois traz um dos gêneros preferidos do grande público: o romance de suspense. 

O Livro:

Adicione: Skoob  
 
"Os sinais escondem um mistério que poderá mudar o rumo da história." Elizabeth Macwood foi criada em Nova York. Filha de um grande empresário americano, Robert Macwood, decide acompanhá-lo em seu novo compromisso no Brasil. Após uma noite agitada, Elisabeth acorda com três sinais desconhecidos rasgados em suas costas e uma súbita amnésia que a faz se esquecer dos acontecimentos que geraram as marcas. Em uma busca incessante para desvendar o motivo dos sinais, Elizabeth se vê envolvida em histórias inacreditáveis, verdades, mentiras, símbolos, viagens no tempo, medos, supresas e paixões inesperadas. Ambientado nas cidades de Nova York e Rio de Janeiro, O Portal apresenta um enredo de enigmas, no qual a autora Eliane Raye nos conduz em suspense até o último momento, em reviravoltas inusitadas. Um romance com personagens marcantes em que todos apostam a própria vida para descobrir a verdade.

Blog da autora / Facebook / Twitter


→ Vamos conhecer também a Graziella Mafraly, autora do livro "Minha Ciderela interior." 


Graziella Nasceu em agosto de setenta e quatro na cidade de São Paulo e foi uma criança bem ativa. Gostava mais das “brincadeiras de meninos”, pois achava mais divertidas do que ficar no meio de bonecas e panelinhas. Começou a escrever seus romances com uns onze, doze anos e... Um deles ela queimou e os outros foram literalmente para o lixo!  Hoje se arrepende de ter feito isso, mas na época ela imaginava que se alguém lesse aquilo, ela ficaria envergonhada! Fez um bom colégio, graduou-se em Direito e casou-se com um homem maravilhoso. Hoje escreve para se divertir, desestressar, sonhar, rir e, às vezes, chorar. Sempre se apaixona por cada novo romance, novos personagens e situações. Diz ser meio louca, meio pervertida, meio romântica, meio excêntrica e meio… Sei lá! Só sabe mesmo é que adora tudo isso em sua vida.

O livro:




Laura, mesmo com dezenove anos, não tem certeza se é adulta ou adolescente e também não costuma dar muito crédito a sua voz interior, que insiste em lhe dizer que é bonita, desejável, mesmo sendo gordinha, e que tem tantas chances de namorar um garoto interessante como qualquer outra moça a sua volta. Grita para si mesma um: “Acorda Cinderela!” ao menor sinal de estar dando ouvido a esse seu lado mais sonhador. Na verdade, sufoca-o com medo de se machucar mais uma vez e, sem criar muitas expectativas, até acredita que poderá encontrar alguém legal para compartilhar seu dia a dia. De repente tudo está fora do lugar! Victor entra em sua vida sem pedir licença. Ele tem um sorriso lindo, é inteligente, envolvente e completamente... louco! Laura deveria ter corrido quando ele declarou ser mandão, possessivo e controlador, mas ela até achou aquilo “lindo”. Só que agora, mesmo percebendo que seu passado guarda ainda mais segredos, ela não tem como fugir, pois já está completamente apaixonada!

Blog da autora / Facebook / Twitter


→ E a Bábara Lorentz, autora do livro "O Que Há Por Trás."


Nascida em 19/06/1991 em Teófilo Otoni, MG, Bárbara Lorentz (também conhecida, hoje, como Babi) começou a escrever desde novinha quando percebeu que seus pais gostavam de suas pequenas ideias. É uma leitora compulsiva e não sai de casa sem um livro. Escreve sobre eles em seu blog literário que leva o seu nome: www.babilorentz.com

O livro: 

Adicione: Skoob 
 
O Que Há Por Trás conta a história de Melissa e Thiago. Primos que se envolvem, apaixonam-se e começam a viver uma história de amor. Pelo grau de parentesco, primeiramente eles não contam para a família. Até que o pai de Melissa os vê juntos e resolve começar a impedir que o romance aconteça. Mesmo assim, sendo atrapalhados por uma só pessoa, eles decidem continuar o namoro às escondidas. Mas tudo muda para Melissa quando depois de serem, mais uma vez, flagrados pelo pai da garota, ela recebe uma revelação bombástica que a faz se afastar de Thiago. 



Em breve teremos resenhas para vocês! Quero agradecer a Eliane a Graziella e a Bárbara pela oportunidade e confiança.

Resenha: O Triste Amor de Augusto Ramonet

Título: O Triste Amor de Augusto Ramonet
Autor: Paulo Stucchi
Editora: Schoba
N° de páginas: 443
Ano: 2012
★ ★ ★

César Martinelli, escritor prodígio de sucesso, viaja à isolada Praia do Santo com um único objetivo: tirar a própria vida. Não suportando a perda precoce da esposa Eva, César tem seus planos mudados pelo aparecimento de um manuscrito, deixado pelo escritor chileno Augusto Ramonet, narrando uma contravertida história de amor cheia de reviravoltas, obsessão e perda. Além disso, surge uma jovem e misteriosa mulher chamada Catarina que, de algum modo, parece estar ligada ao manuscrito deixado por Ramonet há quinze anos.
A partir daí, César tem que desvendar o mistério por trás do manuscrito de Ramonet, descobrir quem é Catarina e sepultar, de uma vez por todas, as dores e o amor vivido pelo escritor chileno.

"Quando se perdem as esperanças, não há mapa no mundo que nos ajude a encontrá-las."

César Martinelli é um jovem escritor que tinha tudo para ser feliz, pois se casou com a mulher amada e estava realizado profissionalmente. Mas sua vida muda totalmente, quando sua esposa Eva morre. Não suportando mais a perda e a culpa, César resolve dar cabo da própria vida. Seus planos mudam quando César encontra acidentalmente um manuscrito que pertece à um chileno chamado Augusto Ramonet. E logo César descobre que o manuscrito se trata de uma história de amor marcada pela obsessão, drama, reviravolta, sofrimento e ideologias políticas.
Obcecado, César começa uma busca por informações do tal Augusto Ramonet e, para sua supresa conhece Catarina, uma mulher ruiva e muito sedutora, e de algum modo, ela parece ter relação com o passado de Ramonet e com o manuscrito. César não resiste ao encanto de Catarina, começando um relacionamento muito perigoso e cheio de desejos. Coisas estranhas acontecem, e César chega a pensar que Catarina não existe, que é fruto da sua imaginação. 
César precisa desvendar todo mistério, descobrir quem é Catarina e qual é sua relação com o manuscrito. Será que a ruiva da Praia é a mesma mulher que Augusto Ramonet amou? Para começar, César precisa voltar no tempo, voltar nas memórias de Augusto Ramonet, no ano de 1963 quando ele conheceu Catalina Alvarenga, a mulher que o fez perder o juízo. César também tem uma missão: Não deixar a história de Augusto e Catalina morrer.

O Triste amor de Augusto Ramonet não é uma narrativa comum, é inteligente, com personagens cheios de personalidades. Texto muito rico e bem construído, uma escrita simples, fácil de ser entendida, com uma infinidade de detalhes que faz com que imaginemos todas as situações escritas com exatidão. A história tem muitos mistérios, o que é bom, mas algumas coisas não são explicadas, o que pode ser algo negativo para alguns leitores. Mas na vida também é assim, pois há mistérios que nunca serão revelados e para mim, ao término do livro, não ficou a frustração de não ter toda a história explicada. Ficou somente a reflexão. 
No decorrer do livro conhecemos vários personagens interessantes como Agenor, homem humilde e misterioso que fará de tudo para ajudar César, Catarina uma mulher cheia de encantos e sedutora, Augusto Ramonet, o escritor romantico e apaixonado, também Eva, irmã de Augusto e seus amigos Jairo Valdivieso e Fernando.
A editora Schoba fez um ótimo trabalho em relação a estrutura. A capa tem uma arte convidativa e os capítulos são curtos, deixando a leitura agradável e menos cansativa. O livro é bem escrito, só que em alguns pontos achei algumas palavras pesadas e forte, mas nada tão carregado ou tão vulgar.
Uma história de amor cheia de paixão e desejos, eu particularmente considero um bom livro e recomendo. 

"Talvez, no momento em que encontrei Meu Sonho, eu tenha perdido meu juízo."
(Augusto Ramonet)       


Esse livro é uma cortesia da:

Veio pelo correio #2

Olá pessoal! 
Hoje venho postar a 2° caixinha do correio. Depois de criar coragem, finalmente trago para vocês a caixinha de correio em vídeo! Fiz várias tentativas, e sempre tinha alguma coisa para atrapalhar. Já estava desistindo quando resolvi postar assim mesmo. O vídeo está bem curtinho, então espero que gostem e não esqueçam de comentar!


 
 

Livros citados:

  • O Verão e a Cidade - Os Diários de Carrie / Galera Record (Esqueci de citar o nome da Editora, me perdoem)
  • Edição especial: Frankenstein - O Médico e o Monstro - Drácula / Editora Martin Claret
  • O Triste Amor de Augusto Ramonet / Editora Schoba
  • O Portal / Eliane Raye
  • O Invisível / Editora Butterfly
  • Paixão de Primavera / Editora Petit
  • Presentes da Vida / Editora Novo Conceito
  • Beijada por um Anjo 5 "Revelações"Editora Novo Conceito
  • Um Dia / Editora Intrínseca 

Resenha: Senhora Liberdade

Livro: Senhora Liberdade
Autor: Márcia A. Canivello
Número de Páginas: 328

Lisa fora criada por sua família cercada de muita proteção e carinho, mas isso não foi empecilho para que tomasse a decisão de sair de casa e morar sozinha com sua amiga Vick num pequeno apartamento na grande cidade de Toronto. Ela precisava amadurecer, criar sua própria identidade e correr os riscos atrás de seus ideais. Tudo estava dando certo até encontrar Scoth, um homem admirável e sedutor, porém cheio de atitudes e complexo demais. Mesmo fugindo da atração física que sentia por ele, era impossível negar a força desse sentimento, até porque trabalhavam juntos e sua relação profissional prosperava cada vez mais. Lisa irá descobrir o outro lado do homem por quem se apaixonara, porém terá que enfrentar um grande problema: ele não era livre para amar. A relação afetiva e extremamente sensual lhes mostrará que são pessoas especiais, que se completam e que o destino reservou-lhes uma surpresa.

"Quase sempre é necessário deixar de lado o sonho e partir para uma realidade mais sensata, consciente e concreta, sendo assim o desejo fica adormecido ou esquecido. Em alguns casos ele não fica esquecido, ele continua esperando por uma oportunidade, o que foi o meu caso."

Desde sua infância, Lisa Karen tinha o dom para pintura e sonhava em ser artista, chegando a fazer um curso de pintura, pois tinha muito talento. Mas o tempo passou e seu sonho ficou adormecido. Agora estava com quase 22 anos de idade e formada em Relações Públicas, e tudo que queria era colocar em prática tudo que havia aprendido na faculdade. Lisa queria provar a ela mesma, e aos outros o seu potencial e a sua capacidade profissional. Desde criança gostava e valorizava a liberdade, pois saiu do conforto de sua casa e da proteção dos pais ainda cedo, e agora morava com sua amiga Vick num pequeno apartamento. 
Por sorte ou vamos dizer destino, Lisa consegue um emprego em uma Empresa de seguros: "Raylite Cia de Seguros." No seu primeiro dia de trabalho ela conhece um homem no elevador, que chama sua atenção e a deixa atordoada, mas Lisa tenta se controlar, pois é seu primeiro dia naquela empresa. O dia estava correndo bem, e Lisa iria substituir Anne Claire pois ela estava grávida. O que Lisa não sabia, era que aquele homem do elevador se chamava Scoth Daniels e era seu chefe a partir daquele dia.
A vida de Lisa muda por completo, tudo que ela não queria era se apaixonar se envolver, mais o destino resolveu mudar seus planos. Seu ideal era se realizar profissionalmente, isso era prioridade na sua vida, mais não conseguia se controlar quando estava perto de Scoth. E para piorar a situação, ele estava noivo. Lisa trabalhava como secretária dele, e  tentanva lutar e esconder aquele sentimento teimoso todos os dias.
Ele iria viajar para Tóquio à serviço, e precisou levar Lisa junto. Nessa viagem Lisa precisará lutar contra seus desejos, tudo será inesquecível e assustador, deixando sua vida cheia de perguntas e muitas vezes sem respostas. Tóquio será a viagem dos sonhos, mais também se tornará seu pior problema.

Sabe aquele livro que você lê, e ao final fica com aquele sentimento vazio de não poder mais participar desta trama fascinante, pois é assim que estou me sentindo. Uma leitura deliciosa, leve e contagiante. Trata-se de um trabalho tão bom, que dá vontade de iniciar a leitura novamente. Os personagem são fantásticos, todos com personalidades diferentes. Lisa é uma mulher determinada, realista, romântica, impulsiva e muito insegura. Scoth é um homem sério, centrado no trabalho, indiferente muitas vezes, preservado, misterioso. Vick é amiga, companheira, e as vezes muito curiosa. Também temos o prazer de conhecer Thomas Lee, um homem sério, mais muito divertido e cheio de vida e Susan noiva de Scoth, mulher arrogante e muito mimada. 
"Senhora Liberdade" é uma narrativa surpreedente e emocionante do início ao fim. É daqueles livros que te prendem a atenção e se torna impossível parar a leitura antes de terminá-lo. Ele nos mostra como nada acontece por acaso. Foi surpreendente o desfecho desta história de amor. E quem disse que a capa deste livro não condiz com o conteúdo do livro, eu simplesmente não concordo. A capa tem tudo haver com a história de Lisa desde o início até o fim. Se você ler o livro vai me entender, pois a capa em si, é um pedaço da história.
A história foi criada com requintes de detalhes, é com maestria que a autora Márcia Canivello costura os acontecimentos do passado e presente, finalizando o livro com chave de ouro.
Os únicos pontos negativos são: A letra pequena, capítulos muito longos, alguns erros ou falta de palavras e datas incompatíveis em alguns momentos. Mas nada que deixe a leitura desagradável. Muito pelo contrário são apenas detalhes, que pra mim não fizeram diferença alguma. Adorei cada página, e de tão bom, fiquei economizando na leitura quando percebi que o fim estava próximo.
Recomendo.

Novidade e divulgação: O Voo da Estirpe

Hoje venho com grandes novidades: Um lançamento super esperado e uma nova parceria.

O Voo da Estirpe



Esta obra foi escrita dedicada aos amantes da liberdade ou a quem ainda não a conhece e sonha em alcançar um voo. Não há uma dedicatória em especial, mas somente quem se compatibiliza com o amor, poderá se identificar com a obra. A trama foi escrita em 2004, mas devido a vários percursos e obstáculos pelos quais, passaram a autora, ela apenas foi concluída no ano de 2011. Tratá-se de um romance contemporâneo, dramático, ofegante, escrito através do método intuitivo e narrado em primeira pessoa, direcionado ao público jovem adulto e torna-se livre dentro do inconsciente de quem a lê. Possui algumas nuances de aventura, suspense, intrigas, intimidades e a busca pelo amor na mais profunda acepção da palavra. As orientações contidas no O voo da estirpe é a transformação do ser através da insatisfação com a solidão. 
Clarice se abre de um modo intenso, sem clichês e meias palavras, expondo aos leitores, o que ela faz quando ninguém vê; o que ela sente, quando ninguém consegue admitir nem para si mesmo.  É um livro que fala da vida como é, do ser humano por dentro e por fora, da hipocrisia que cega e mente e do amor em sua extensa acepção. A maior mensagem deste livro é a forma sagrada como o verdadeiro amor tem o dom de modificar, não somente tudo o que há por dentro, mas o mundo a seu redor. É um livro de cunho romântico. Uma apologia à realidade. O leitor se identificará a todo tempo com Clarice e voará com os sonhos desta personagem. O aprendizado com a obra é a abstenção do preconceito e a entrega incondicional ao amor.

A autora:


Adriana Vargas de Aguiar passou a escrever contos infantis desde que aprendeu a ler. Recebeu incentivo dos pais à leitura e sua infância se deu entre enciclopédias infantis ilustradas enquanto as crianças brincavam no quintal. Aos treze anos escreveu seu primeiro romance. Imaginava estórias que nunca havia vivido e passava sua imaginação para o papel. Esses escritos eram escondidos debaixo do colchão. No ano de 2000, entrou para a academia de Direito pela Universidade UCDB, uma das alunas mais aplicadas do curso. Apaixonada por leitura filosófica, as obras que mais lhe chamaram a atenção foram de Platão, Hanna Arend e Friedrich Nietzsche. Com participação e menções honrosas em vários concursos literários, acredita neste caminho para a escalada dificultosa em um país o qual a leitura é um desafio.
Fundadora e coordenadora do movimento – Clube dos Novos Autores. Luta arduamente ao lado de 30 novos autores pelo espaço de seus livros nas estantes brasileiras.


E então, o que acharam? Não deixe de comentar, pois a Modo Editora agora é parceira aqui do blog, e vai nos presentear com 1 marcador do livro e 1 caderneta personalizada, quando este post atingir os 50 comentários. Então não fique de fora... é só até o dia 18/03.
Deixe seu e-mail no comentário. \o/

Resenha: A Maldição do Tigre

Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
★ ★ ★ ★ ★ 
 
Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

A Maldição do Tigre é o primeiro volume de uma saga. Fantástico e cheio de aventuras é aquele livro que quando se termina a leitura, deseja ter em mãos o próximo volume. Os personagem são apaixonantes, deixando o leitor encantado a cada página. Ao contrário de alguns livros, a autora Colleen Houck, soube finalizar este primeiro volume da saga muito bem. Ela soube amarrar alguns pontos, mais também deixou alguns soltos para mais tarde, deixando o leitor animado, e super curioso para ler os próximos volumes. Gostei de cada detalhe do livro, de cada página em especial, e pricipalmente da protagonista. 
Kelsey é uma garota que tem tudo para ficar reclamando e chorando, pois já passou por muitas situações difíceis na vida, inclusive a perda dos pais. Mas ao contrário disso ela vive cada dia normalmente, mora com uma família adotiva que gosta muito dela. Ela é uma garota firme, determinada, madura e não reclama por qualquer coisa. Sua vida parece normal como qualquer outra.  Isso até ela ir trabalhar no circo e conhecer Ren, o tigre branco.
É incrível a sitonia de Kelsey e Ren, parecem almas gêmeas, como se um, pudesse ler os pensamentos do outro. Já ouviu falar em amor à primeira vista? Pois é, isso que acontece com eles. Um amor cheio de mistérios, segredos, obstáculos. Mais também forte, sincero e impinotisante.

“Quando a jaula do tigre passou diante de mim, tive uma vontade súbita de acariciar-lhe a cabeça e confortá-lo. Eu não sabia se tigres podiam demonstrar emoções, mas por algum motivo eu tinha a impressão de que podia sentir seu estado de espírito. Parecia melancólico.”

“Aqueles olhos eram hipnóticos. Eles se fixaram em mim, quase como se o tigre estivesse examinando a minha alma."

Quando Kelsey descobri que Ren na verdade é um príncipe indiano, eles embarcam em uma aventura cheia de perigos, em busca da liberdade de Ren. Eles precisam quebrar o feitiço e libertar o homem do corpo de tigre. E assim, Kelsey viaja com Ren para uma aventura fascinante pela Índia.
A Maldição do Tigre é cheio de aventuras, fantasia, profecias, templos indianos, enigmas, deusas, lugares exóticos, mitos hindus, deixando o leitor sem fôlego. Uma leitura capaz de envolvê-lo do início ao fim. Seus personagens são quase palpáveis, os ambientes e ações são criados com requintes de detalhes. Uma leitura única. 
Além das aventuras, Kelsey e Ren viverão um amor cheio de poesias e momentos inesquecíveis. Mas nem tudo é flores, e eles terão momentos difíceis também. Imagina que se apaixonar por um homem normal já é complicado as vezes, imagina namorar um homem tigre. (risos)
A cada página deste livro eu ficava mais impressionada com Kelsey, ela consiguia me deixar alegre, triste e com raiva. As vezes queria entrar na história e perguntar: Você é louca garota? Um homem lindo, romântico, tudo de bom, apaixonado por ela, e a garota não se valorizava nem um pouco, se achando a pior das mulheres. 

" Um homem famito comeria feliz um rabanete, certo? Na verdade, um rabanete seria um banquete se fosse tudo o que ele tivesse. Mas, se houvesse um banquete de verdade diante dele, o rabanete jamais seria escolhido."

- Mas e se... - Ren fez uma pausa, pensativo - ... eu gostar de rabanete?

Queria matar a Kelsey. Quase me derreti quando Ren se declarou todo fofo e lindo. O homem perfeito. Só depois parei para pensar que a Kelsey não estava errada. Ela sempre quis a liberdade de Ren, e lutava por isso. Como ela poderia enjaular ele novamente. Ela acreditava que ele precisava conhecer o mundo, ter outras opções de escolha.

"Eu me recuso a ser a sua jaula."

Kelsey já havia perdido sua família, e não queria ter que sentir de novo a dor da perda. Acreditava que quando tudo acabasse, Ren não a veria com o mesmo olhos. E isso ela não suportaria. Ela se mostrou uma mulher fascinante, uma pessoa sem engoísmo. Aquela que quer a felicidade do amado, sem pensar só na sua. 
Espero que tudo possa mudar nos próximos volumes em relação aos dois, pois ainda faltam muitas aventuras. Eles só começaram, pois o feitiço precisa ser quebrado definitivamente! E quem sabe o amor vencerá o medo. 
Mas o livro, não é só Kelsey e Ren. Você também vai conhecer o Sr. Kadam, o homem que sempre ajudou Ren, e tem também Kishan, o irmão de Ren que também foi infeitiçado. Mas não vou entrar em detalhes sobre ele (risos). Vamos dizer que Kishan é a pimenta que aumenta o tempero desta história.
Todos os personagem vão dando vida a este livro de uma forma rica e cativante. Através da leitura do mesmo, conhecemos a cultura indiana, religião e outros.
A capa do livro é perfeita, a editora Arqueiro fez um trabalho belíssimo, em relação a estrutura. Este livro é uma obra marcante e realmente surpreendente. Não há como descrever, a autora superou todas as minhas expectátivas. Colleen Houck acertou em cheio na história, ela soube conquistar o leitor, e assim tornar sua obra única.
Estou super ansiosa pela continuação. Super recomendo. Não fique de fora dessa aventura.

Paixão. Destino. Lealdade.
Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor?

Resenha: Julieta Imortal

Autor: Stacey Jay
N° de páginas: 240
Editora: Novo Conceito 
★ ★ ★ ☆ ☆
  
Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará de tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela.

Narrada pela própria Julieta Capuleto, o livro conta uma versão diferente da trágica história de Willian shakespeare, "Romeu e Julieta." Vamos voltar em 1304, Verona, Itália, quando Julieta acredita plenamente nas promessas de amor feitas por Romeu. Mas Romeu troca sua amada pela imortalidade. Isso mesmo... Romeu assassina Julieta, com a promessa dos mercenários de que ele, ganhará a imortalidade. Mas o que Romeu não imaginava era que Julieta também teria vida eterna, e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Ela luta pela luz e seu objetivo e unir almas gêmeas, e Romeu luta pela escuridão, sendo seu objetivo destruir, separar duas almas que se amam de verdade.
Essa batalha já dura setecentos anos, onde Julieta e Romeu encarnam em novos corpos para cuprir sua missão. Julieta precisa fazer com que o amor entre as duas almas gêmeas se fortaleça, impedindo assim, que os mercenários separe as duas almas. Mas a missão de Romeu e corromper este laço, e fazer com que um deles sacrifique o outro em troca da imortalidade. 
Cidade de Solvang, Califórnia, dias atuais: Por causa de um acidente, Julieta Capuleto é enviada a Terra, e desta vez ela encarna no corpo de uma moça chamada Ariel. Garota cheia de problemas com a mãe, super tímida, poucos amigos, e que sofre com cicatrizes deixada no rosto, por causa de um acidente ainda pequena. Mas Julieta não está ali para resolver estes problemas, não por enquanto... 
Ela deve salvar a vida de Ariel. No mesmo carro junto a ela, está Dylan, garoto que está com Ariel só por causa de uma aposta que fez, para dormir com ela. Julieta percebe algo errado, e logo se dar conta que Romeu já possuiu o corpo do garoto.Nesse momento começa uma briga feia entre os dois, e Julieta precisa sair viva a qualquer custo. Momentos depois ela consegue sair do carro, e corre em direção a estrada em busca de socorro. 
Nesta mesma noite, Julieta vai pegar carona com Ben, rapaz doce e diferente, que mudará tudo. De imediato, Julieta começa a sentir sentimentos que estavam adormecidos, sentimentos que ela não aceita sentir mais, só que de alguma forma este garoto os despertou. Ao chegar na casa de Ariel em segurança, Julieta começa a observar e tenta entender a vida da garota cheia de cicatrizes, tanto no corpo como na alma. Mas é só quando Julieta conhece Gemma a melhor amiga de Ariel, que ela entende a sua verdadeira missão. Gemma e Ben são almas gêmeas... o garoto ao qual Julieta parece conhece-lo a anos, o garoto que despertou o sentimento adormecido. E pela primeira vez, Julieta sente desconfortável e insegura para realizar sua missão. Mesmo confusa, Julieta tenta mudar um pouco a vida de Ariel, por exemplo: Sua relação com a mãe, e também com a amiga Gemma. 
Enquanto Julieta tenta organizar a vida da Ariel, Romeu parece ter apenas um objetivo: Se aproximar de Julieta. Ao contrário das outras encarnações, ele não quer matar Julieta. Romeu conta tudo que sabe sobre os mercenários e os embaixadores. Segredos que deixa Julieta mais confusa e assustada. Revelações que pode mudar tudo, que pode talvez liberta-los. Mais como acreditar em uma pessoa que dizia amá-la, e que depois traiu sua confiança. 

Stacey Jay, nos revela neste livro, que a maior história de amor de todos os tempos não passa de uma farsa. A autora mudou toda história, deixando o leitor de boca aberta. O que posso dizer é que no ínicio fiquei meio confusa, acredito que seja por já conhecer esta história de uma forma diferente. Por já ter uma ideia formada. Mas com o passar das páginas, abrir minha mente, e deixei me levar. E confesso que deu certo, pois fiquei cada vez mais envolvida e curiosa. 
Uma leitura leve, com narrativas simples e um cenário de tirar o fôlego. Julieta Imortal não foi uma das melhores leitura que já tive, mas também não foi das piores. Confesso que esperava mais do livro. Sinto que faltou algo, que alguma coisa ficou vago, vazio. Mas vou acreditar que este vazio será preenchido no segundo livro. "Romeu Redimido" é a continuação de Julieta Imortal, mais ainda não há previsão de lançamento aqui no Brasil. 
A editora Novo Conceito fez um ótimo trabalho em relação a estrutura. 
Independente de qualquer coisa, Julieta Imortal é um bom livro, e com certeza recomendo.

Divulgando lançamentos - Editoras Parceiras

EDITORA ARQUEIRO

Olá pessoal. Vejam as novidades de hoje: Com lançamento para 15 de Março, O Melhor de Mim é o livro que marca a estreia de Nicholas Sparks na editora Arqueiro, o autor que conquistou o Brasil. "Preciso desse livro."


GIZ EDITORIAL

A Giz Editorial começa 2012 com força total, com 3 lançamentos de peso no gênero Fantasia e Ação. Os leitores que adquirirem qualquer um dos volumes abaixo em pré-venda com um brinde especial.

Previsão de Lançamento 15/03/2012 


Leia as sinopses AQUI

GRUPO EDITORIAL PENSAMENTO

Pensamento - Cultrix
 

Sinopse AQUI e AQUI


NOVO SÉCULO


Sinopse AQUI e AQUI

Divulgando: O Verão e A cidade - Os Diários de Carrie V.2

Bom dia queridos leitores. Hoje venho divulgar o livro "O Verão e A cidade." Vamos conhecer?

Adicione na sua estante: Skoob


Carrie Bradshaw vai para a grande cidade frequentar um curso de escrita, dado por um professor famoso. Vive deslumbrada com a vida em Nova Iorque mas as desilusões sucedem-se. À medida que vai penetrando nos meandros da vida citadina, começa a travar conhecimento com aquelas que serão as grandes amigas na sua idade adulta. Primeiro, conhece Samantha, depois Miranda. Escreve uma peça de teatro, que não tem ponta por onde se lhe pegue. Apaixona-se por um homem mais velho que, ao saber que ela faz 18 anos nesse dia, foge literalmente da cama e a põe na rua. Acaba por perder a virgindade nesse mesmo dia, com um colega da mesma idade. O Verão acaba e Carrie regressa a casa, uma vez que não arranjou maneira de ficar em Nova Iorque. Vai no comboio quando… Querem ver que vamos ter um terceiro romance?

“O Verão e a Cidade” é o segundo livro da coleção “Os Diários de Carrie”, que mostra a trajetória da famosa protagonista da série “Sex and the City” em sua juventude. Neste volume, ela está apaixonada pela cidade de Nova York, pelo seu verão, pelos vizinhos malucos do bairro, pelos brechós, pelas festas e, é claro, por um homem glamouroso que a faz perder o chão. Mas o melhor de tudo é que está inscrita em um curso de redação criativa e começa a trilhar o caminho que a levará a realização de seu maior sonho: ser uma escritora profissional. Nesta continuação de “Os Diários de Carrie”, a autora Candace Bushnell usa mais uma vez de seu humor inteligente e refinado para revelar como Carrie conheceu Samantha Miranda e, consequentemente, mostrar como uma garota do interior se tornou um dos maiores ícones da cidade de Nova York e do nosso tempo.

Escrito pela autora Candace Bushnell, o livro estreiou nos Estados Unidos na lista dos mais vendidos do New York Times. Seu antecessor já vendeu mais de meio milhão de cópias em todo o mundo. “O Verão e a Cidade” chega ao Brasil com tradução de Alda Lima pelo selo Galera, do Grupo Editorial Record.

Foram criados perfis do livro nas redes sociais, repletos de informações, novidades e interatividade.
Confiram:


Então o que acharam? Essa capa rosa está perfeita! Participando das redes sociais, você pode concorrer A UMA VIAGEM INCRÍVEL! 
Quer saber como? 


"Seu Weekend como Carrie Bradshaw"

Você envia uma foto com um look digno desta personagem icônica para o Facebook e marca a página do livro. A mais criativa será premiada com uma viagem ao Club Med Rio das Pedras com direito a três acompanhantes! Até o dia: 12 de Março.

OBS: Você pode participar quantas vezes quiser com looks diferentes. Mostre sua criatividade!

CLIQUE AQUI PARA MAIORES INFORMAÇÕES.


Assista o Book Trailer

 
 
E em breve teremos promoção do "O Verão e A Cidade" aqui no Blog.

Resultado da Promoção "Senhora"

Oi pessoal. Hoje venho divulgar o reultado da promoção "Senhora." Tivemos 124 entradas, e a vencedora é:



Parabéns Jacqueline

Obrigada a todos que participaram.

Resenha: Paixão de Primavera

Título: Paixão de Primavera
Autor: Célia Xavier de Camargo
Editora: Petit
N° de páginas: 359
Compre: Saraiva

Na Rússia dos czares, no início da primavera, um bando de cossacos, cansados de lutar, acampa numa aldeia dos Monteis Urais. Ludmila, uma linda camponesa, apaixona-se por Yuri, o líder dos guerreiros. Seduzido, ele a arrebata, contra sua vontade, e faz dela sua mulher. Dimitri, inconformado com o rapto, quer resgatar a amada, vingar-se derramando sangue. A adorada Ludmila é desejada, amada e traída. Em Moscou, no luxuoso palacete da extravagante madame Trussot, ela convive com aqueles que vendem o amor, mas só entregam o prazer. Se o conde Alexander – vítima de terrível obsessão –, é o seu tormento, Gregory, um rico comerciante, é sua maior esperança. Uma doce paixão de primavera ainda vive em seu coração, ameaçada pelo cruel e traiçoeiro inverno russo, devorador de almas e ilusões...

Ludmila uma moça de quatorze anos vivia em uma pequena aldeia nos montes Urais, na Rússia, com seus pais Boris e Macha. Ludmila atraía a atenção de todos por sua beleza e graça. O mais interessado pela moça era Dimitri Alexeievitch, um jovem trabalhador, honesto e filho dedicado. A família de Ludmila fazia gosto no interesse do rapaz, e todos já imaginavam que o noivado entre ambos já era certo. Mas Ludmila não o amava, assim como não amava nenhum homem. Mas estava disposta a aceitar seu destino se assim fosse.
Ludmila sentia vontade de conhecer outros lugares, novas pessoas, e não conseguia se sentir totalmente feliz. Sua vida era simples e tranquila.
Um belo dia um grupo de cossacos cansados de lutar, pede para acampar na aldeia. Os aldeões ficam com medo e inseguros, mas acabam aceitando. Entre os cossacos havia Yuri, o líder dos guerreiros. A jovem Ludmila não queria admitir, porém sentia-se diferente desde o memento que o viu pela primeira vez. Ludmila não sabia, mais Yuri também só conseguia pensar nela. Os cossacos iriam levantar acampamento no outro dia, mais por obra do destino a carroça deles se quebra, e eles são impedidos de partir. Sem poder se controlar, Yuri vai ao encontro de Ludmila.

"O cossaco abraçou-a com carinho, tentando transmitir-lhe seu calor. A proximidade dele produzia-lhe uma agradável sensação. De repente, ele ergueu seu rosto e beijou-a nos lábios, palpitantes de amor." Pág. 31

Alguns dias depois, a carroça está arrumada e preparada para partir. Ludmila fica agitada só pensar que nunca mais verá seu valente Yuri. Depois de uma conversa, ela diz a ele que não pode deixar seus pais, sua aldeia e amigos, para partir com ele. Yuri fica triste, mais respeita sua decisão. Quando todos os aldeões vão para praça se despedirem dos cossacos, Ludmila e sua família também estão presente. Os dois trocam olhares de dor, desespero e amor. E isso é o bastante para Yuri perceber nela um amor tão intenso, onde havia medo de partir e, ao mesmo tempo, o desejo de segui-lo. E de súbito, toma uma decisão de momento, e rapta sua amada, levando-a em seus braços. Ludmila lutava e gritava, mais Yuri Vanilevitch estava determinado. Seus pais ficam desesperados, e Dimitri inconformado parte em busca  dela, acreditando que a trará sã e salva, sem saber que na verdade o destino reservava outras coisas.
Ludmila passa por muitos acontecimentos, muitas lágrimas são derramadas, o percurso é longo é cheio de espinhos, mas também cheio de amor, perdão e conhecimento. 


Este livro é psicografado pela médium Célia Xavier de Camargo e ditado pelo espírito Leon Tolstói. Paixão de Primaveira é um livro espírita maravilhoso. Aborda assuntos como amor, perdão, conhecimento e espiritualidade entre outros. Recebi este romance da editora Petit, parceira aqui do blog. Já tive a oportunidade de ler outros livros espíritas e digo que sou fã de cada um, e afirmo que "Paixão de Primavera" se tornou meu favorito.
O livro traz uma história que tira o fôlego do leitor a cada página virada. De uma linguagem simples, fluída, "Paixão de primavera" me deixou sem palavras. Não sou espírita, mas à algum tempo atrás, conheci uma amiga que é, e desde então comecei a me interessar cada vez mais. (Conhecimento nunca é demais). 
O livro é bem escrito, uma leitura leve. Conhecer a história de Ludmila foi maravilhoso. Um livro que te faz chorar, rir, brigar se emocionar de todas as maneiras possíveis. Uma lição de vida, é assim que resumo este livro. Ludmila passou por muito sofrimento, muitas provações... Tinha tudo para se tornar uma pessoa cheia de revoltas, mais ao contrário disso ela aceitava seu destino, aguentou tudo com coragem, superando cada obstáculo. Vencendo ou não, ela soube perdoar as pessoas e principalmente a vida. Este romance traz algumas mensagens interessantes e ótimas para reflexão. 
 
"O Altíssimo sempre nos assiste com infinito amor e nos concede aquilo que precisamos para a elevação de nosso espírito."

"Quando plantamos o mal, prejudicando a outrem, colhemos dores e sofrimentos; quando fazemos o bem, sentimo-nos agraciados, pois infinitas bênçãos vertem sobre nós."

A editora Petit fez um trabalho belíssimo em relação a estrutura. A capa tem uma arte linda em alto relevo, e por dentro a cada capítulo, encontramos uma bela imagem floral. TUDO PERFEITO.
Recomendo com certeza, independentemente de religião, fé ou crença. Deixe lado qualquer preconceito, retire todas as barreiras e se deixe apaixonar pela história de Ludmila.


Esse livro é uma cortesia da Editora