Resenha: O Triste Amor de Augusto Ramonet

Título: O Triste Amor de Augusto Ramonet
Autor: Paulo Stucchi
Editora: Schoba
N° de páginas: 443
Ano: 2012
★ ★ ★

César Martinelli, escritor prodígio de sucesso, viaja à isolada Praia do Santo com um único objetivo: tirar a própria vida. Não suportando a perda precoce da esposa Eva, César tem seus planos mudados pelo aparecimento de um manuscrito, deixado pelo escritor chileno Augusto Ramonet, narrando uma contravertida história de amor cheia de reviravoltas, obsessão e perda. Além disso, surge uma jovem e misteriosa mulher chamada Catarina que, de algum modo, parece estar ligada ao manuscrito deixado por Ramonet há quinze anos.
A partir daí, César tem que desvendar o mistério por trás do manuscrito de Ramonet, descobrir quem é Catarina e sepultar, de uma vez por todas, as dores e o amor vivido pelo escritor chileno.

"Quando se perdem as esperanças, não há mapa no mundo que nos ajude a encontrá-las."

César Martinelli é um jovem escritor que tinha tudo para ser feliz, pois se casou com a mulher amada e estava realizado profissionalmente. Mas sua vida muda totalmente, quando sua esposa Eva morre. Não suportando mais a perda e a culpa, César resolve dar cabo da própria vida. Seus planos mudam quando César encontra acidentalmente um manuscrito que pertece à um chileno chamado Augusto Ramonet. E logo César descobre que o manuscrito se trata de uma história de amor marcada pela obsessão, drama, reviravolta, sofrimento e ideologias políticas.
Obcecado, César começa uma busca por informações do tal Augusto Ramonet e, para sua supresa conhece Catarina, uma mulher ruiva e muito sedutora, e de algum modo, ela parece ter relação com o passado de Ramonet e com o manuscrito. César não resiste ao encanto de Catarina, começando um relacionamento muito perigoso e cheio de desejos. Coisas estranhas acontecem, e César chega a pensar que Catarina não existe, que é fruto da sua imaginação. 
César precisa desvendar todo mistério, descobrir quem é Catarina e qual é sua relação com o manuscrito. Será que a ruiva da Praia é a mesma mulher que Augusto Ramonet amou? Para começar, César precisa voltar no tempo, voltar nas memórias de Augusto Ramonet, no ano de 1963 quando ele conheceu Catalina Alvarenga, a mulher que o fez perder o juízo. César também tem uma missão: Não deixar a história de Augusto e Catalina morrer.

O Triste amor de Augusto Ramonet não é uma narrativa comum, é inteligente, com personagens cheios de personalidades. Texto muito rico e bem construído, uma escrita simples, fácil de ser entendida, com uma infinidade de detalhes que faz com que imaginemos todas as situações escritas com exatidão. A história tem muitos mistérios, o que é bom, mas algumas coisas não são explicadas, o que pode ser algo negativo para alguns leitores. Mas na vida também é assim, pois há mistérios que nunca serão revelados e para mim, ao término do livro, não ficou a frustração de não ter toda a história explicada. Ficou somente a reflexão. 
No decorrer do livro conhecemos vários personagens interessantes como Agenor, homem humilde e misterioso que fará de tudo para ajudar César, Catarina uma mulher cheia de encantos e sedutora, Augusto Ramonet, o escritor romantico e apaixonado, também Eva, irmã de Augusto e seus amigos Jairo Valdivieso e Fernando.
A editora Schoba fez um ótimo trabalho em relação a estrutura. A capa tem uma arte convidativa e os capítulos são curtos, deixando a leitura agradável e menos cansativa. O livro é bem escrito, só que em alguns pontos achei algumas palavras pesadas e forte, mas nada tão carregado ou tão vulgar.
Uma história de amor cheia de paixão e desejos, eu particularmente considero um bom livro e recomendo. 

"Talvez, no momento em que encontrei Meu Sonho, eu tenha perdido meu juízo."
(Augusto Ramonet)       


Esse livro é uma cortesia da:

32 comments

Just a Girl // OFICIAL 27 março, 2012

[aaaa] eu quero ler *-*
Beijos ;*
just-a-girl21.blogspot.com.br

leitura hot 27 março, 2012

Oi Polly!
Gostei muito da sua resenha e nunca tinha visto nada sobre o livro...adorei os quotes e a estória parecer ser emocionante.

Beijos
Amanda
leiturahot.blogspot.com

Angela Graziela 27 março, 2012

Não conhecia esse livro
Mas fiquei curiosa, pois no começo pensei que era uma estoria de superação por ele ter perdido a esposa
E depois vai para um drama...

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

mila 27 março, 2012

Maravilhosa resenha Polly, amo livros que tratam manuscritos e este livro parece ter aquela doze de mistério e essa ruiva, nossa adorei mesmo, vou add no meus desejados do skoob, pq concerteza vou adorar ler este livro!!!

"Talvez, no momento em que encontrei Meu Sonho, eu tenha perdido meu juízo."
(Augusto Ramonet)
òtimo trecho!!

beijos
http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

Jacqueline Braga 27 março, 2012

Oi Polly
Não conhecia o livro, mas gostei do enredo.
Adoro mistérios, ainda mais em livros de romances.
O quote que você selecionou é lindo.
Vou colocar na minha lista de leituras
bjs

Valéria 27 março, 2012

Me interessei MUITO!
A forma que você descreveu o livro é quase impossível de não deixar os leitores com aquela vontade indestrutível para ler :]
Convidadíssima para me fazer uma visita
http://omundodevaleriana.blogspot.com

marla 27 março, 2012

Olá,
Não conhecia o livro, mais o enredo parece ser bem interessante.
Ótima resenha!!
*bye*

loucaporromances.blogspot.com

Dani Côrtes 27 março, 2012

Oie, adorei a história, fiquei com muita vontade de ler esse livro! A capa é linda, o título chamativo e o conteúdo interessantíssimo! Fiquei super curiosa para ler!

Carol 27 março, 2012

Nunca tinha ouvido falar desse livro e me parece ser bem legal...
Você fez uma ótima resenha =]]
Estou te seguindo!

Beijos.
#Resenha falada.

Priscilla Faustino 27 março, 2012

Não conhecia o livro, mas já me apaixonei pela história. Adoro romances com um pouco de mistério, vou acrescentá-lo à minha lista de desejados...

Bjinho,
Pri.

Kel Costa 27 março, 2012

Caramba, nunca ouvi falar nem do livro, nem da editora, mas gostei bastante da sinopse. Vou procurar saber mais sobre o catálogo da Schoba =D

Bjs,
Kel
www.itcultura.com

Wanessa Guimarães 27 março, 2012

Olá, boa noite!
Primeiro de tudo, amei a sua resenha. Bem detalhada e sem spoiler, muito boa mesmo! Sou fã dos livros da schoba.
E, que capa linda, hein?

Att,
Wanessa Guimarães
www.estanteseletiva.com

Navegando em Páginas 27 março, 2012

Não gostei muito da capa, confesso, mas a sua resenha me conquistou, parece que vou ter que fazer uma visita a livraria o mais rápido possível!
Beijos!

Alice Borges. 27 março, 2012

Eu vou ler, gostei muito da história!
Parece ser muito bom :D

Quelita Nunes 27 março, 2012

Achei interessante, gostei!!Se o livri for tão bom quanto a resenha!! parabens bjs

Ler, Ver e imaginar 27 março, 2012

Engraçado, eu meio que lembrei de As cartas de Suzana para Nicholas lendo essa resenha, não sei o porque.
Fiquei com vontade de saber o que vai ser do pobre César (um começo meio ps ily, com tragédia logo no começo...)
A resenha me deu vontade de ler ;)

Aline,
http://lervereimaginar.blogspot.com.br/

Estefânia 27 março, 2012

Eu não conhecia esse livro, adorei a sua resenha e me deu muita vontade de ler!

Beijão;

Fani | Hora da Leitura
http://bloghoradaleitura.blogspot.com.br/

Estela Pilz 27 março, 2012

Oiiii
Menina, nunca tinha ouvido falar do livro, mas adorei a resenha, fiquei curiosa pra saber mais sobre os personagens.

Beijos

TeLa
Penseira Literária

Vanderléia 27 março, 2012

Interessante este livro!!! A capa não é tão bonita mais realmente chama a atenção. Não conhecia a editora Schoba, vou pesquisar mais sobre a mesma. Conhecer outras obras!
Bjos

territoriodascompradorasdelivro 27 março, 2012

Oi, tudo bom?
Não sei muito desse livro, mas gostei bastante da capa.
O livro é bem diferente, e gostei disso, espero chegar a ler ele.
Como você disse o livro é relamente trabalhado.
Território das garotas
@territoriodg
Bjss *-*
Passa lá no blog?
http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

Moana Oliveira 28 março, 2012

Essa é a primeira vez que vejo e leio uma resenha desse livro, até agora não conhecia, mas depois dessa resenha maravilhosa não tem como não se interessar, bate aquela vontade de ler aqui e agora.

Beijos

Gleice Couto 28 março, 2012

Não conhecia o livro, mas adorei o modo como vc o descreveu na resenha... Então, sim! Quero lê-lo! :)

Beijos

Gleice
www.murmuriospessoais.com

Fernanda Ojea 28 março, 2012

Toda vez que eu venho aqui fico com vontade de comprar livros rs

Bjão

www.compreiporai.com

Gessica Lopes 28 março, 2012

É um tipo de história que chama minha atenção! Adorei a resenha :)

Paula Fernanda Oliveira 28 março, 2012

Gosto de suspense!!!! Necessito ler este livro. rsrs
Tchau e bjos

Lídia 28 março, 2012

É a primeira vez que vejo este livro, nem a editora eu conhecia, mas achei interessante o erendo. Gostei da resenha!!!
Abraços ^.^

Kelly de Fátima 28 março, 2012

Oi
Manuscritos? Mistérios? Gosto disso! São temas que me prendem ao um livro. Gostei também dos quotes.

Renato Almeida 28 março, 2012

Parabéns pela resenha, e gostei da dica de leitura.

Ágata Bresil 28 março, 2012

Esse ano eu só li um livro de autora brasileira e sinto que eu deveria ler mais outros. Gostei de suas parcerias.

Beijos. Tudo Tem Refrão

Paulo Stucchi 29 março, 2012

Obrigado pelos comentários, Polly. Em breve, o livro estará nas principais livrarias de São Paulo, mas, quem quiser adquiri-lo agorinha, pode fazê-lo pela loja da Editora Schoba.
http://www.editoraschoba.com.br/livraria/o-triste-amor-de-augusto-ramonet.html/

Abraços e obrigado pela resenha.
Paulo Stucchi
www.paulostucchi.com.br
paulostuautor@hotmail.com

Pollyanna 30 março, 2012

Eu que agradeço Paulo Stucchi.
:)

Alice Neves 01 abril, 2012

Nossa, parece ser tão bom! *-*

Postar um comentário